Review Svit Sally

 

Marca: Kenhuru Sling
Modelo: Svit Sally
Tamanho: 5
Gramagem: 235 g/m2
Composição: 80% Algodão penteado, 20% Seda Tussah

Cor: Preto & Rosa

 

Quando me iniciei no mundo do Babywearing nunca me passou pela cabeça que o mesmo seria tão vasto. Achei que existiam meia dúzia de marcas que produziam panos, slings de argolas e mochilas e nada mais. Não podia estar mais enganada. O mundo do Babywearing é literalmente um MUNDO… Existem imensas marcas que produzem os mais diversos porta-bebés, com quase todos os padrões que podemos sonhar ou desejar.

Hoje vemos dar-vos a conhecer a Kenhuru Sling.

A Kenhuru Sling é uma empresa Polaca, que nasceu do desejo da sua criadora de ter panos com um design geométrico.

A Kenhuru Sling não descura a qualidade dos seus panos, que são pensados minuciosamente para serem fortes, mas suaves ao mesmo tempo, sendo que todos os seus tecidos são certificados pela OEKO TEX-100 ou AZO FREE Declaration. 

Este é o primeiro pano que experimentamos nesta marca (esperamos que não seja o último :P). É um pano com 80% de Algodão penteado e 20% de Seda Tussah e com uma gramagem de 235 g/m2.

 

 

Nunca tínhamos experimentado nenhum pano de seda, e então decidimos explorar mais um pouco o assunto e perceber o que tipo de seda era esta e quais as suas características.

A seda é uma fibra natural produzida pelas lagartas das borboletas. Um dos tipos de seda utilizados nos panos é a Tussah. A seda de Tussah ou seda selvagem é produzida a partir de casulos da traça da seda do carvalho. Esta é uma seda pouco irregular, o que lhe confere um encanto especial.

A seda é uma das fibras naturais mais fortes. Os panos com seda são adequados quer para o clima quente quer para frio. A seda tanto absorve a humidade como mantém o ar quente circulando próximo à pele.

Quando lhe toquei pela primeira vez confesso que adorei, tem um toque maravilhoso, super macio e sedoso. É um pano que se deixa entrapar muito bem, não necessita de muito uso para se mostrar no seu máximo potencial, é macio (que dá vontade de nos embrulharmos nele), muito maleável e fácil de ajustar. Contudo é um pano com pouca grip, ou seja, é um tanto ou quanto escorregadio. Todas as vezes que o usei tive sempre de reajustar ao final de algum tempo. Infelizmente não o consegui testar em portes com várias camadas, mas em conversa com a Dulce que também já o testou pode confirmar que também em portes de 2 camadas não se comporta como seria espectável. Portanto acho que se deve comportar melhor com bebés mais pequenos, do que com bebés maiores.

Mas uma das características que mais gostem neste pano é o facto de ser um dois em um, ou seja como tem duas faces distintas podemos dizer que temos dois panos em vez de apenas um.

Para vos mostrar a beleza deste pano, que a nível de tons é um dos meus preferidos #teampink deixou-vos conhecer um pouco do meu jardim, o mundo encantado os meus filhos, onde todas as suas brincadeiras se tornam realidade e onde são deveras felizes.

Inês Leite Rocha