Review Argus Kingston Wrap

 

 

 

Marca: Artipoppe

Modelo: Argus

Tamanho: 5

Gramagem: 300g/m2

Composição: 70% algodão & 30% cânhamo

Cor: Fushia & lilás

 

Quando iniciei a minha jornada neste mundo que é o Babywearing sempre tive curiosidade nesta marca. Não sei se pela própria irreverência da dona ou se pela minha veia mais rebelde. A verdade é que quando vi um pano com linho à venda (lindo que dói... Mais tarde mostro wink) meti na cabeça que teria de o ter... E assim começou a minha paixão pelos panos da Artipoppe.

 

A marca Artipoppe nasceu pelas mãos de Anna van den Bogert após o nascimento do seu segundo filho. Ela queria mudar não só a sua vida mas também a de muitas mulheres espalhadas pelo mundo. Sabendo que a maternidade é muito exigente, Anna fundou a marca para unir as mulheres que se sentem exaustas e isoladas de modo a que se sintam inspiradas a seguir os seu próprios instintos e a aceitar as suas imperfeições. 

 

 

 

Um" carregador" Artipoppe é uma forma de demonstrar autoconfiança, de se sentir bonita/o e de demonstrar ao mundo que nos preocupamos não só com o bem estar do nosso bebé, mas também o do mundo, visto que trabalham apenas com produtores certificados que trabalham com e para a natureza em vez de a destruírem.

Os seus produtos são produzidos na Lituânia e são revistos e acabados na Holanda.


Este pano veio na minha busca de um pano com matéria-prima fresca, própria para verão... Perguntam porque é que em pleno inverno decidi andar à procura? Porque a minha filhota tem um pequeno problema, não só com o sobreaquecimento do planeta, mas mais importante com o seu sobreaquecimento, uma vez que faz convulsões febris, daí esta minha busca.

 

 

Este pano foi uma completa surpresa porque nunca tinha experimentado cânhamo. O cânhamo surpreende pela positiva, uma vez que tem propriedades termoreguladoras, o que se torna bastante confortável de usar. Este pano chegou às minhas mãos um pouco rijo, mas com apenas 2 utilizações já se notava bastante diferença e que se torna como que manteiga.

 

É um pano, de tons de fushia e lilás maravilhosos e um design elegante que relembra as penas dos pavões, mas que tem irregularidades próprias do tecido que erradamente se podem confundir com defeitos.

 

 

É easycare mas tem de se ter cuidado de não estar muito tempo parado pois pode criar vincos no tecido (permacrease). É um pano totalmente toddlerproof, o que (na minha experiência) não é indicado para bebés mais pequenos. Tem um excelente suporte, aguentam-se bem 3h sem que os ombros se queixem. Apesar de se demorar algum tempo a ajustar, depois de bem ajustado não move 1 cm. É um pano com um toque duro mas que não é de todo áspero.

 

 

Cátia Gomes