Ana Rodrigues

 

Olá o meu nome é Ana, sou mãe do Leonardo o meu piratinha com 15 meses. Sou antropóloga de formação, cozinheira de profissão e mãe a tempo quase inteiro.

Como o babywearing surgiu na minha vida? Bem quando surgiu nem sabia que esse nome existia eheheheh. Sempre senti uma grande ligação aos trópicos, principalmente ao lado africano e sempre vi aquelas mães carregar os seus filhos o dia inteiro e achava aquilo magnífico. Sou uma pessoa calma mas extremamente acelerada, sou muito prática e independente, então mesmo com um filho não queria "perder" as minhas mãos livres e deixá-lo deitado num carrinho o dia inteiro não é o meu estilo, não é mesmo.
Entrei neste mundo sem informação através do uso de uma marsúpio, sim estamos numa página de babywearing e eu comecei com um marsúpio e não tenho qualquer problema em admitir, mas ao usar sempre me senti desconfortável e sentia não ser o certo. Entretanto falam-me da palavra BABYWEARING e puff (não se fez chocapic, mas quase) tudo fez sentido e busquei as melhores formas de carregar o meu filho. Li e leio muito sobre o assunto, ainda quero fazer o curso de consultora. Hoje em dia também faço parte da organização de encontros de babywearing na minha região e é tão bom puderes passar a palavra e ver outras mães e pais tão felizes por carregarem.
Bem não me alongo mais, irão me ver bastante por aí a partir de agora.